Falei, falei, falei… De repente parei e percebi que ele não me estava a ouvir.

– Estás a ouvir a mãe?
– Claro!
– Fiquei com a impressão que não estavas a ligar nenhuma ao que eu dizia.
– Achas? Claro que não. Eu oiço sempre o que me dizes… quando interessa.

Anúncios